Ícone do site Elementhus Consultoria Empresarial

Como identificar um desvio ou uma perda?

Controlo-Orçamental-e-Análise-de-Desvios-Qual-a-Relevância-para-as-Empresas

 

A identificação dos desvios é o processo de reconhecimento e descrição dos desvios que ocorrem no dia a dia nos processos das empresas, tendo por base várias fontes de informação, contemplando as partes interessadas internas e externas.

O objetivo é produzir uma lista abrangente de desvios, entre eles:

Ao planejar o sistema de gestão, a organização, considerando o seu contexto e as partes interessadas, deve identificar os desvios e as perdas que precisam ser abordados para:

  1. a) assegurar que o sistema de gestão possa reduzir o impacto destes desvios e perdas nos seus resultados;
  2. b) eliminar, se possível, os desvios e as perdas ao longo do tempo;
  3. c) prevenir, ou reduzir, desvios e perdas;
  4. d) alcançar melhoria dos seus processos.

 

Em muitos casos, a identificação dos desvios e das perdas em múltiplos níveis é útil e eficiente. Em etapa inicial ou preliminar, pode-se adotar uma abordagem de identificação dos desvios top-down, que vai do geral para o específico. Primeiro, identificam-se desvios e perdas em um nível geral ou superior como ponto de partida para se estabelecer prioridades para, em segundo momento, identificarem-se e analisarem-se desvios e perdas em nível específico e/ou mais detalhado. Pode-se, por exemplo, primeiramente identificar desvios e perdas aos objetivos estratégicos da companhia e, posteriormente, desvios e perdas que afetam processos prioritários a um nível mais tático e operacional.

A identificação dos desvios e das perdas pode basear-se em dados históricos, análises teóricas, opiniões de pessoas informadas e especialistas, assim como em necessidades das partes interessadas. Convém que pessoas com conhecimento adequado sejam envolvidas na identificação dos desvios e que a organização utilize ferramentas e técnicas de identificação de desvios e perdas que sejam adequadas aos seus objetivos, às suas capacidades de tratamento e de prevenção de desvios e perdas. Envolver a equipe também ajuda a criar a responsabilidade em relação ao processo de gestão de lições aprendidas e o comprometimento em relação ao tratamento destas falhas.

A documentação dessa etapa geralmente inclui:

(a) a origem do desvio ou perda: o escopo do processo, projeto ou atividade coberto pela identificação;

(b) os participantes do processo de identificação das perdas;

(c) a descrição dos desvios e perdas.

 

Quer melhorar o seu processo de tratamento de desvios?

Contrate o nosso Programa de Gestão de Lições Aprendidas!

Email: asjorge@gmail.com e no whatsapp: 11 9 7207 8715

Sair da versão mobile